Telefone Magazine Luiza – SAC O800, Atendimento, Reclamação, Ouvidoria

Antes de mais nada, o Magalu é um dos maiores varejistas do Brasil, por isso existe uma demanda muito grande pelo telefone Magazine Luiza e outros meios de contato com a empresa.

Sendo assim, fique conosco nesta postagem para se inteirar de todas as informações sobre o SAC da empresa varejista.

Leia também:

SAC CVC
Atendimento Casas Bahia
Telefone Receita Fderal

Telefone Magazine Luiza e todos os meios de contato

Primeiramente, vamos mostrar o resumo de todos os meios de contato do Magazine Luiza e logo depois vamos dar maiores detalhes de cada meio de contato.

Telefone Magazine Luiza

Sendo assim ligue no 0800-310-0002 você tem a possibilidade de ligar a qualquer hora do dia ou da noite e em todos os dias da semana para tratar de quaquer assunto no Magalu. Cartão 0800-724-4845 você pode ligar de qualquer região do Brasil para falar com um atendente do SAC.

Central de Atendimento online Magazine Luiza

Primeiramente, na página Central de Atendimento você consegue rastrear pedidos, tratar sobre trocas e cancelamentos de mercadorias e até mesmo alteração de seus dados.

Além disso, existem outras modalidades de assuntos que você pode acessar:

  • O que é e como visualizo o vale-compra?
  • Política de troca e devolução para produtos vendidos pelo Magalu
  • Como faço para rastrear meu pedido?
  • Qual o prazo de aprovação do pedido?
  • Como faço para imprimir o boleto?
  • Como conseguir a 2° via da nota fiscal do meu pedid
  • Preciso alterar meu e-mail ou senha, o que faço?

Atendimento em libras no Magaqzine Luiza

No entanto, se você necessita atendimento em libras, o Magazine Luiza disponibiliza uma pagina destina para esse tipo de atendimento basta acessá-la no endereço: https://inclusao.pessoalize.com/magalu?plutoId=624c8f20b91b7b001b4e5050.

Telefone Magazine Luiza

E-mail Magazine Luiza

Enfim, além de outros meios de contato você também pode acessar a página de e-mail e enviar a sua mensagem para o Magazine Luiza.

Magazine Luiza televendas

Para o televendas Magazine Luiza, será necessário você identificar qual é o número destinado à sua região, pois cada estado possui um numero, confira:

  • BH Minas Gerais: (31) 3519-9550
  • Distrito Federal: (61) 3246-9999
  • Campinas: (19) 3512-9660
  • Curitiba: (41) 3012-9900
  • Fortaleza: (85) 3771-9900
  • Goiânia: (62) 3412-9800
  • Porto Alegre: (51) 3103-9900
  • Recife: (81) 3771-9900
  • Ribeirão Preto: (16) 3514-9660
  • RJ: (21) 3512-9600
  • Salvador: (71) 3512-0600
  • Uberaba: (34) 3325-9900
  • Uberlândia: (34) 3221-9900

Cartão Magazine Luiza

Primeiramente, no 0800-724-4845 você pode ligar de qualquer região do Brasil para falar com um atendente do SAC.

Já para a Central de atendimento do Cartão Magalu

3003-3030 para quem mora ou está nas capitais ou regiões metropolitanas.

Mas o 0800-720-3030 para quem mora ou está nas demais localidades.

Ouvidoria Cartão Magalu

No entanto, caso precise entrar em contato com a ouvidoria do cartão Magazine Luiza ligue para: 0800-570-0011 de qualquer região do Brasil.

SAC Consórcio Magalu

Antes de mais nada, o Magazine Luiza também disponibiliza uma central de atendimento para o seu consórcio, confira abaixo:

Sendo assim, ligue no 0800-340-1214 e (11) 3185-7300, atendimento de segunda a sexta, das 09h00 às 18h00, e aos sábados das 09h00 às 13h00.

Logo em seguida, você tem a opção de televendas do consórcio: 0800-940-3400, atendimento de segunda a sexta, das 09:00 às 18h00, aos sábados das 09h00 às 15h00.

Atendimento no WhatsApp: +55 (11) 97590-9985.

Enfim, a Ouvidoria do consórcio: [email protected] ou 0800-340-1214, Atendiemnto de segunda a sexta, das 09h00 às 18h00, aos sábados das 09h00 às 13h00.

Atendimento Magalu em outros serviços

Magazine Luiza Seguros: página com todos os contatos

Atendimento no MagaluPay: 0800-221-5645

Maga+: 0800-777-1120

Antes de tudo, gostaroamos de saber se você gostou do conteúdo e gostariamos que dexe seu comentário a respeito.

Onde reclamar sobre o Magazine Luiza?

De fato, as empresas possuem centrais de atendimento e ouvidoria para estabelecer uma boa relação com os seus clientes. Isso se deve ao fato de surgirem dívidas e, ao mesmo tempo, diversos problemas referentes a compras ou prestação de serviços. Mas nem sempre isso se dá de maneira amigável. Assim, existe a possibilidade do consumidor recorrer a outros canais de reclamação para tentar uma solução. Confira!

1. consumidor.gov.br

Através da Plataforma Integrada de Ouvidoria e do Acesso à Informação, os consumidores brasileiros que se sentiram lesados pelo serviço de alguma empresa, podem registrar a sua reclamação e ir atrás dos seus direitos (https://www.consumidor.gov.br/).

Como o próprio site já diz, aqui os seus dados pessoais vão estar protegidos, de acordo com o que está escrito na Lei 13.460/2017.

O primeiro passo é logar com a sua conta no Gov.br, além de inserir a sua senha. Se ainda não tiver um usuário e senha, basta criar a sua conta dentro de poucos minutos.

Dentro do Portal do Consumidor, irá encontrar proteção aos exercícios que são de direito dos consumidores. Também promovem a harmonização das relações de consumo e incentivam com que ocorra a integração conjunta dos membros do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor.

Um dos seus maiores objetivos é ampliar a efetividade com que deve atuar a Política Nacional de Proteção e Defesa do Consumidor, dando atenção ao Senacon e que está voltada para projetos de repercussão nacional.

2. Procons

Se você precisa entrar em contato com o Procon e solicitar os seus direitos como consumidor, o primeiro passo é saber qual o seu número de telefone.

Por lá, você pode realizar denúncias ou reclamações, através do atendimento ao consumidor que é feito pelo número 151, que atende de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.

Confira aqui uma lista de telefones dos Procons das principais capitais e cidades importantes do Brasil:

  • Porto Alegre: 51 3289-1769
  • Caxias do Sul: 54 3214-5645
  • Pelotas: 53 3305-3505
  • Curitiba: 41 3223-1512
  • Foz do Iguaçu: 45 2105-8700
  • Maringá: 44 3293-8150
  • São Paulo: 0800 772 3633
  • Campinas: 19 3734-2000
  • Ribeirão Preto: 16 3636-7391
  • Rio de Janeiro: 21 2216-8600
  • Volta Redonda: 24 3339-9205
  • Belo Horizonte: 31 3277-6923
  • Juiz de Fora: 32 3690-7610
  • Betim: 31 3531-1188
  • Vitória: 27 3382-5545
  • Guarapari: 27 3361-4929
  • Maceió: 82 98876-8297
  • Manaus: 92 3215-4009
  • Belém: 91 3073-2827
  • Balneário Camboriú: 47 3367-0619
  • Joinville: 47 3481-5100
  • Florianópolis: 48 3665-9088
  • Salvador: 71 3116-8550
  • Vitória da Conquista: 77 3429-7850
  • Recife: 81 3355-3286
  • Fortaleza: 85 3105-1138

3. proteste.org.br

Seja para buscar uma associação, ou mesmo entrar em contato com a Central de Relacionamento da Proteste, você deve ligar para o telefone 4020-7747, de segunda a sexta-feira das 9h às 18h. O site registra até a data em que este artigo foi produzido, mais de 160.000 reclamações, com ao menos 85% delas sendo encerradas e com um tempo médio de apenas 8 dias para resolver os problemas.

A Proteste atua na defesa e no fortalecimento dos direitos de todos os consumidores brasileiros. Também é possível enviar um e-mail e solicitando o contato por [email protected]. A Proteste irá poder lhe ajudar com qual seja a sua solicitação e também resolver os problemas que possam estar relacionados a consumo.

Qualquer problema que tenha com uma empresa pode ser informado ao Proteste. A resposta da empresa será recebida na plataforma e se mesmo assim não obtiver uma solução, poderá pedir ajuda de algum dos especialistas.

4. Defensorias Públicas

Para realizar uma reclamação na Defensoria Pública, o mais recomendado é entrar em contato diretamente pela Ouvidoria. Esse é o lugar onde pessoas e grupos podem apresentar sugestões, reclamações e uma série de pedidos, seja sobre os serviços que são atendidos pela Defensoria Pública ou mesmo para saber como a população pode ter acesso à Justiça Gratuita.

Se deseja ter contato com a Defensoria Pública, seja para uma reclamação ou para um atendimento presencial, pode realizar isso por meio do seu site, defensoria.sp.def.br, caso você esteja no estado de São Paulo. Em outros estados, o e-mail será o mesmo, basta que você troque pelo UF da sua região.

Se tiver dificuldades e deseja um suporte pelo telefone, ligue para 0800 773 4340 e realize o seu agendamento. O contato é gratuito e em poucos instantes poderá realizar a sua reclamação.

5. Juizados Especiais Cíveis

Para entrar com uma reclamação no Juizado Especial Civil, é preciso entrar com uma ação e após isso comparecer presencialmente no Fórum, apresentando um documento de identificação com foto (RG e CNH), além de um comprovante de residência.

Com o avanço da tecnologia, para realizar um pedido ou registrar uma reclamação no JEC, já é possível iniciar o processo digitalmente. Mais conhecido como Tribunal de Pequenas Causas, o processo digital é menos demorado e burocrático, pois basta que você tenha um Certificado Digital de pessoa jurídica ou física. Através do certificado digital, é possível ajuizar causas que sejam de menor complexidade, com valor fixado de até 20 salários mínimos.

6. Agências Reguladoras

Temos várias agências reguladoras no país. A seguir, você pode conferir uma série de telefones para deixar as suas reclamações e que obviamente serão ouvidas:

ANAC: 163

ANATEL: 1331

7. Banco Central

Os consumidores encontram várias opções para entrar em contato com o Banco Central. Uma delas é através do telefone, onde os consumidores podem realizar uma reclamação contra bancos e instituições financeiras pelo telefone 145.

Também é possível fazer contato por correspondência ou mesmo presencialmente. Se o seu pedido for presencial, é preciso se dirigir a Brasília, que é onde se encontra a sede do BC.

É muito importante que você saiba quais são os direitos e qual canal de comunicação vai buscar na hora de ter de realizar a sua reclamação. Desse modo, se precisar fazer uma reclamação ao Banco Central, ao Procon de diversas cidades do Brasil ou procurar algum telefone, irá ter aqui neste artigo onde buscar informações.

+ posts

Theodoro Massa sempre teve vocação para pesquisar assuntos a fundo, até encontrar o que procurava. Seja uma informação, uma nova habilidade a ser desenvolvida ou um produto que estava precisando.

E foi essa vocação que o fez se formar em Publicidade. Visto que essa profissão se foca em buscar tendências e em descobrir as necessidades do cliente e do público-alvo.

Mas as buscas de Theodoro não pararam por aí. Identificando um crescimento de um modelo de negócio que data do início dos estudos sobre marketing, ele ingressou, de vez, no mercado digital.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ 11 = 13