Tecnologia RFID e Sua aplicação na Área Logística

Tecnologia RFID

Tecnologia RFID – Escusado será dizer que a tecnologia está avançando em todos os setores em todo o mundo.

E o setor de logística e gestão da cadeia de suprimentos não é exceção. Pois quanto mais avança, diminui a necessidade de humanos na cadeia de suprimentos.

Um dos avanços notáveis ​​na tecnologia é a identificação por radiofrequência (RFID).

Junto com a automação, o RFID no gerenciamento da cadeia de suprimentos traria uma grande transformação no desempenho e nas despesas.

Com RFID, o processo de gestão da cadeia de suprimentos torna-se eficiente e o envolvimento de humanos nesse processo diminui.

RFID é um processo de salvar dados e recuperá-los através de ondas de rádio.

Uma etiqueta RFID inclui um identificador exclusivo que se correlaciona com os registros do banco de dados de inventário.

Então, você ainda segue os métodos tradicionais de gestão de estoque para o seu serviço de logística? Este post vai fazer você mudar de ideia.

Enfim, leia este post até o final e você saberá como o RFID define um futuro lucrativo para a logística e o gerenciamento da cadeia de suprimentos.

RFID – O que você precisa saber

Primeiramente, RFID usa ondas eletromagnéticas para identificar e capturar etiquetas anexadas a objetos e armazenar os dados para uma operação rápida e precisa.

A finalidade a que serve é semelhante aos códigos de barras. Mas, ao contrário dos códigos de barras, o RFID torna o processo mais rápido, conveniente e livre de erros.

Como você já tem uma breve ideia sobre RFID, sendo assim, vamos dar uma olhada em como ele funciona.

Como funciona o RFID

Em assistência com a tecnologia de identificação automática e captura de dados (AIDC), o RFID usa ondas de rádio e identifica objetos, amálgama informações sobre esses objetos e armazena essas informações no registro do banco de dados sem qualquer ajuda humana.

Esta tecnologia cresceu muito desde a sua primeira aplicação. Não só foi melhorado ao longo dos anos, mas também o custo de implementação e utilização continua a minimizar, tornando esta tecnologia mais eficiente e acessível.

Um sistema RFID ideal tem dois componentes principais – uma etiqueta RFID e um leitor RFID

Vamos falar sobre esses componentes e entender melhor como funciona o RFID.

Etiqueta RFID

Uma etiqueta RFID inclui um transmissor embutido e um receptor. Pois os dois componentes com os quais a etiqueta RFID funciona fluentemente são – circuito integrado e antena.

Com um circuito integrado, é possível armazenar e processar dados. Dessa forma, com a ajuda de uma antena pode-se realizar a recepção e transmissão do sinal.

Há também um armazenamento de memória não volátil presente em uma etiqueta RFID para sensorial as informações e transmiti-las.

Leitor RFID

Um leitor RFID tem um componente importante – interrogador, também conhecido como transceptor. Sendo assim, é útil para transmitir os sinais codificados que ativam as etiquetas RFID.

Cada item no processo de logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos é anexado com uma etiqueta RFID.

O leitor RFID, normalmente instalado no ponto de entrada e saída de um armazém, registra a etiqueta e atualiza os dados armazenados no sistema informático desse armazém.

Ademais, os dados coletados ajudam a rastrear os itens de forma livre de erros.

Além disso, organiza estrategicamente a localização de todos os itens. Além disso, o sistema RFID ajuda na seleção dos itens para o procedimento de distribuição posterior.

O leitor instalado verifica os itens que estão prontos para serem retirados do armazém e em seguida, coleta dados para atualização em tempo real no registro do banco de dados.

Aplicação de RFID

De agricultura a joalheria, defesa a quiosques, automação de lavanderia a sistema de biblioteca, a RFID tem várias aplicações importantes no mundo real em diferentes setores.

Aqui, falarei sobre suas aplicações em logística e gestão da cadeia de suprimentos.

O RFID neste setor desempenha um papel importante, pois melhora a visibilidade desde a fabricação, passando pela cadeia de suprimentos e, finalmente, até a porta de saída dos armazéns.

Três áreas onde a aplicação da tecnologia RFID é importante para o negócio de logística

1 Gestão de Estoque

No gerenciamento da cadeia de suprimentos, o papel do gerenciamento de estoque é importante.

Do monitoramento à administração, controle de armazenamento e, por fim, a venda de um produto – todos esses aspectos estão incluídos no gerenciamento de estoque.

Muitas vezes tem-se notado que os registros de estoque e a quantidade real dos itens disponíveis para venda não coincidem. E tais erros podem levar à má gestão do estoque.

No entanto, graças à tecnologia RFID, este problema pode ser resolvido. As etiquetas RFID leem através de um produto e reduzem o erro humano.

Assim, não há chance de incompatibilidade ou imprecisão de qualquer gerenciamento de dados no inventário.

Além disso, um leitor RFID digitaliza o código instantaneamente durante o processo de gerenciamento de estoque e, assim, todo o processo se torna muito mais rápido.

2 Gestão de Armazém

Em um armazém, diferentes tipos de produtos são armazenados e posteriormente distribuídos aos clientes. Gerenciar um armazém sem problemas é uma tarefa e tanto.

Mas com um sistema RFID, isso pode ser feito facilmente. Usando esse sistema, você pode automatizar as tarefas essenciais relacionadas ao recebimento e envio de produtos.

Desse modo, também melhora a eficiência do processo de identificação de novos itens e sua validação com precisão.

Como resultado, as cadeias de suprimentos podem obter um bom fluxo de dados do que o tempo em que tudo nos armazéns costumava ser gerenciado por humanos por meio de processos tradicionais.

3 Setor de Varejo

Para atender à crescente demanda do consumidor, várias empresas de varejo começaram a usar a tecnologia RFID.

Isso torna a visibilidade de um produto melhor no estoque de varejo e, portanto, o controle do estoque e a experiência do consumidor são aprimorados.

Isso é extremamente útil, especialmente em grandes lojas de varejo, onde os clientes podem pesquisar os produtos que desejam.

Outra utilidade do RFID é que ele armazena um número de identificação exclusivo para cada produto e, portanto, a identificação de um produto não é sobreposta à do outro.

Por fim, faz com que o cliente escaneie todos os produtos de um carrinho sem escolher nenhum item.

Preços dinâmicos e além disso, minimização de roubos e rastreamento de funcionários também podem ser feitos de forma eficiente com RFID.

Desafios da tecnologia RFID na Cadeia de Suprimentos e Gestão Logística

Custo Excessivo

A implementação de um sistema RFID bem-sucedido pode ser um assunto caro.

O software e hardware necessários para RFID custam muito. Além disso, você não pode ignorar o custo de manutenção.

Falta de entendimento

Compreender a tecnologia RFID corretamente é importante para aproveitar ao máximo seus benefícios.

É preciso ter uma ideia detalhada sobre diferentes tags e frequências.

Percebeu-se que muitas empresas não fornecem treinamento adequado aos seus funcionários sobre RFID devido à falta de especialistas internos.

Problemas técnicos

Existem alguns problemas técnicos associados à implementação de RFID.

Durante colisões de etiquetas ou leitores RFID, o sistema não funciona com precisão.

Além disso, o sistema RFID não funciona bem quando entra em contato com itens líquidos e metálicos.

Preocupação com a segurança

Como o RFID é baseado em redes sem fio, a preocupação com a segurança está envolvida nessa tecnologia.

Coletar dados, transmiti-los e armazená-los no registro do banco de dados – todo o processo deve ser completamente seguro.

Foi notado que muitos fornecedores de RFID enfrentam problemas de segurança ao usar este sistema.

Embora existam alguns desafios associados à implementação de RFID, as empresas ainda dependem dessa opção cara de códigos de barras simplesmente porque vale a pena.

Por quê utilizar a tecnologia RFID?

A RFID oferece soluções integradas de logística e gerenciamento de cadeia de suprimentos para empresas.

Alguns dos grandes benefícios do RFID para o setor de logística são mencionados abaixo:

Benefícios da tecnologia RFID na Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos

1 Torna os dados livres de erros e transparentes

O gerenciamento manual de estoque é um trabalho demorado e tedioso.

RFID torna o processo automatizado, livre de erros e transparente. Um bom scanner RFID pode escanear uma sala de inventário de uma só vez, rastrear todo o inventário facilmente.

2 Permanece Igual em Condições Ambientais Desagradáveis

Durante condições climáticas desagradáveis, como alta umidade, mudanças drásticas no clima, etc.

O sistema RFID funciona de forma confiável. Mesmo quando alguém manuseia o sistema grosseiramente ou fica exposto a produtos químicos, ele ainda pode fazer seu trabalho corretamente.

3 Fornece atualizações em tempo real

O sistema RFID se integra ao sistema de rede sem fio e ao sistema de gerenciamento de inventário em tempo real.

Como resultado, você sempre fica atualizado com quantos produtos você tem em seu armazém.

O scanner RFID instalado na porta de um armazém pode fornecer atualizações instantâneas dos produtos que chegam e saem.

4 Melhora a Produtividade dos Trabalhadores

A tecnologia RFID reduz a necessidade de mão de obra para localizar itens no gerenciamento da cadeia de suprimentos.

Os trabalhadores não precisam gastar sua energia em procedimentos demorados, como escanear cada código de barras, procurar itens perdidos ou contar quantidades de estoque.

Isso permite que eles se concentrem em outras tarefas e concluam tudo de maneira mais rápida.

5 Alivia as Possibilidades de Roubo e Perda

O recurso de rastreamento de ativos de um sistema RFID melhora a visibilidade de cada item em um armazém.

Você obtém acesso fácil ao inventário. Pois você pode acompanhar os itens armazenados, distribuídos e reabastecidos, não importa onde estejam, em uma cadeia de suprimentos.

Esse tipo de visibilidade ajuda você a obter atualizações sempre que houver algum item extraviado ou perdido. Você pode tomar as medidas necessárias para evitar a perda de dinheiro e a reputação da marca.

Conclusão sobre a tecnologia RFID

Enfim, este post tem como objetivo fornecer uma ideia detalhada sobre como o RFID afeta a cadeia de suprimentos e o gerenciamento de logística.

A tecnologia tem um futuro promissor e, portanto, você deve implementá-la em seu negócio de logística sem mais delongas.

 Torne o seu processo de gestão de logística e cadeia de suprimentos transparente e lucrativo com RFID.

+ posts

Theodoro Massa sempre teve vocação para pesquisar assuntos a fundo, até encontrar o que procurava. Seja uma informação, uma nova habilidade a ser desenvolvida ou um produto que estava precisando.

E foi essa vocação que o fez se formar em Publicidade. Visto que essa profissão se foca em buscar tendências e em descobrir as necessidades do cliente e do público-alvo.

Mas as buscas de Theodoro não pararam por aí. Identificando um crescimento de um modelo de negócio que data do início dos estudos sobre marketing, ele ingressou, de vez, no mercado digital.

Responder

75 + = 84